???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.metodista.br/jspui/handle/tede/965
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES ALFABETIZADORES: COMO APRENDE O PROFESSOR?
???metadata.dc.creator???: Figueredo, Angela Maria da Silva 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Bahia, Norines Panicacci
???metadata.dc.contributor.referee1???: Alves, Maria Leila
???metadata.dc.contributor.referee2???: Rosalen, Marilena Aparecida de Souza
???metadata.dc.description.resumo???: Este estudo versa sobre a análise do processo de aprendizagem de alguns professores alfabetizadores da Rede Estadual de Educação de São Paulo e buscou compreender onde e como este grupo de profissionais aprende os conteúdos necessários para alfabetizar na perspectiva da construção de conhecimento. A hipótese que orienta esta análise é a de que um professor bem-formado tem mais condição de intervir na aprendizagem de seus alunos e, gradativamente, contribuir para a garantia do direito de todas as crianças se alfabetizarem. Parte também da hipótese de que, compreendendo o processo de aprendizagem destes educadores, as ações de formação podem ser mais eficazes. Por meio de pesquisa empírica, revisão bibliográfica e análise documental, esta dissertação organiza-se da seguinte forma: na Introdução é anunciada a trajetória profissional da proponente e sua relação com os programas de alfabetização e com as propostas de formação de educadores das Redes Públicas de Educação de São Paulo. O primeiro Capítulo tece a fundamentação teórica na qual os programas de formação de professores alfabetizadores de São Paulo são organizados. No segundo Capítulo é realizado um breve histórico sobre os programas de formação de professores alfabetizadores da Rede Estadual de Ensino, no período de 1984 a 2010, com uma análise sobre a coerência entre as concepções de ensino e aprendizagem, e as concepções que embasam os diferentes programas institucionais. No terceiro Capítulo são descritos os caminhos percorridos no processo de realização da pesquisa empírica. Nas Considerações Finais foram retomadas, em síntese, as discussões realizadas no desenvolvimento dos capítulos, recuperando a essência das análises a partir dos dados coletados, expressando os resultados da investigação. Foram aplicados questionários de perfil e realizadas entrevistas com 13 sujeitos envolvidos com o Programa Ler e Escrever da Rede Estadual de Ensino de São Paulo, envolvendo desde professores alfabetizadores até os organizadores do Programa. A fundamentação teórica deste estudo ocorreu, principalmente, a partir das contribuições de Piaget (1967); Ferreiro e Teberosky (1985); Ferreiro (1989; 1992; 2002; 2007); Becker (1993); Coll (1992); Lerner (2002) que se orientam pela concepção de construção de conhecimento e tratam da aprendizagem da leitura e escrita, da formação do professor e da didática da alfabetização e da Matemática; e Alarcão (2008), Lerner (2002) e Tardif (2002) que abordam a formação docente. A análise dos dados foi realizada a partir da fundamentação e dos procedimentos de Análise Temática do Conteúdo, conforme Bardin (2008) que resultou na elaboração de apreciações de condições que devem ser consideradas na formação de professores alfabetizadores. Os resultados obtidos apontam para algumas inferências sobre o processo de aprendizagem dos professores alfabetizadores que, se consideradas nas propostas, podem contribuir para a maior eficiência dos programas de formação, resultando em melhor apropriação pelos professores dos conteúdos envolvidos na alfabetização, na melhoria da qualidade da aprendizagem dos alfabetizandos e, consequentemente, na formação de leitores plenos e escritores eficientes.
Abstract: This study deals with the analysis of the learning process of some literacy teachers of the State Network of Education of St. Paul and tried to understand where and how this group of professionals needed to learn content literacy from the perspective of building knowledge. The hypothesis that guides this analysis is that a well-trained teacher is better able to intervene in the learning of their students and, gradually, to help guarantee the right of all children become literate. Also part of the hypothesis that by understanding the learning process of educators, the training initiatives can be more effective. Through empirical research, literature review and documentary analysis, this paper is organized as follows: Introduction is advertised in the career of the applicant and its relationship to literacy programs and proposals for training of teachers of public Education of Sao Paulo. The first chapter weaves the theoretical framework in which the training programs for literacy teachers are organized in Sao Paulo. In the second chapter is a brief history conducted training programs for literacy teachers in State Schools for the period 1984 to 2010, with an analysis of the consistency between the conceptions of teaching and learning, and conceptions that underlie the different institutional programs. In the third chapter describes the paths taken in the process of carrying out empirical research. The final remarks were taken up, in short, the discussions in the development of the chapters, recovering the essence of the analysis from the data collected, expressing the results of the investigation. Questionnaires were applied and profile interviews with 13 individuals involved with the Read and Write Program of State Schools of Sao Paulo, ranging from literacy teachers to the organizers of the program. The theoretical basis of this study was mainly based on the contributions of Piaget (1967), and Teberosky Blacksmith (1985), Smith (1989, 1992, 2002, 2007), Becker (1993), Coll (1992), Lerner (2002) and to guide the design and construction of knowledge dealing with the learning of reading and writing, teacher training and teaching of literacy and mathematics, Alarcão (2008), Lerner (2002) and Tardif (2002) which deals with teacher training. Data analysis was performed based on the rationale and procedures for thematic content analysis, according to Bardin (2008) and is expected to result in the preparation of assessments of conditions that must be considered in the training of literacy teachers. The results suggest some inferences about the learning of literacy teachers who are considered the proposals, may contribute to the efficiency of training programs, resulting in greater ownership of content by teachers involved in literacy, improving the quality of learning of literacy and, consequently, the formation of efficient readers and writers full.
Keywords: Programas de Formação de Professores Alfabetizadores
Ensino e Aprendizagem
Alfabetização
Construtivismo
Teacher Training Programs Literacy, Teaching and Learning, Literacy, Constructivism
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: BR
Publisher: Universidade Metodista de São Paulo
???metadata.dc.publisher.initials???: UMESP
???metadata.dc.publisher.department???: Educação
???metadata.dc.publisher.program???: PÓS GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO
Citation: FIGUEREDO, Angela Maria da Silva. FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES ALFABETIZADORES: COMO APRENDE O PROFESSOR?. 2011. 334 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Metodista de São Paulo, São Bernardo do Campo, 2011.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.metodista.br/jspui/handle/tede/965
Issue Date: 9-Nov-2011
Appears in Collections:Programa de Pos Graduação em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ANGELA MARIA.pdf5.2 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.