???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.metodista.br/jspui/handle/tede/533
???metadata.dc.type???: Tese
Title: Complexidade, Espiritualidade e Educação: por uma educabilidade do espírito humano
Other Titles: Complexity, Spirituality and Education: for an educability of the human spirit
???metadata.dc.creator???: Araújo, Alan Ricardo de Sousa 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Sung, Jung Mo
???metadata.dc.contributor.referee1???: Santos Neto, Elydio dos
???metadata.dc.contributor.referee2???: Brito, Enio Jose da Costa
???metadata.dc.contributor.referee3???: Ferris, James Reaves
???metadata.dc.contributor.referee4???: Lopes, Sérgio Marcus Pinto
???metadata.dc.description.resumo???: O tema desta pesquisa, Complexidade, Espiritualidade e Educação: por uma educabilidade do espírito humano, sugere que a problemática do conhecimento sobre o espírito e a espiritualidade humanos está enraizada não apenas nos redutos religiosos, mas também no próprio interstício da ciência e também no coração da sociedade moderna. Apostamos neste tema não apenas pela sua atualidade, mas porque vem assumindo nestes últimos anos o status de indispensável no conjunto dos saberes, das realizações e do ethos humanos. Mas, para nos infiltrarmos neste assunto, é preciso uma nova lente epistemológica capaz de fazer uma leitura crítica, complexa e multidimensional a respeito da espiritualidade humana. A gênese do problema levantada para esta pesquisa parte do conflito entre as várias percepções sobre a condição humana, que ocorre a partir mesmo da crise experimentada hoje por muitos matizes científicos. A aproximação entre a teoria da complexidade, a espiritualidade humana com a educação, nos permite criar um cenário enriquecedor que acrescenta qualidade aos discursos e práticas educacionais na escola, na família, nas pastorais, na educação religiosa e ainda, em outras atividades afins. A nossa pergunta nuclear e que servirá de norte para o esforço desta pesquisa, é a seguinte: o espírito humano existe e, se existe, é educável? Para um melhor aproveitamento e compreensão desta dissertação, a pesquisa foi dividida em três capítulos, sistematizados da seguinte forma: No primeiro capítulo fizemos a exposição de algumas dificuldades de infiltração na temática sobre o espírito e da espiritualidade humanos. Essa exposição foi feita em dois momentos: o primeiro discute alguns pressupostos conceituais e semânticos sobre o espírito humano e, em seguida, aponta a necessidade de superar o conhecimento fragmentado em favor da recomposição do cariz humano. No segundo momento, discorremos sobre a rasoura científica que tem deixado de lado algumas dimensões humanas, sob pesado ônus para a existência humana como um todo. No segundo capítulo discutimos a atualidade do tema, que também pode ser visto em duas partes: na primeira dialogamos com algumas teorias sobre a complexidade e a multidimensionalidade da condição humana. Em seguida, focamos a partir dos novos humores antropológicos a dimensão simbólica e espiritual do humano. Na segunda parte, pontuamos sobre o desencantamento e crise da sociedade prometéica e a emergência e interfaces dos assuntos sobre a espiritualidade humana nestas últimas décadas. No terceiro e último capítulo, discorremos sobre as funções do espírito e as possibilidades reais de uma educação para o espírito humano. Semelhantemente, dividimos o capítulo em dois momentos de discussão: no primeiro, fazemos uma abordagem sobre a dimensão do espírito e a expressão da consciência como função de sentido. No segundo e último momento, levantamos a questão da educação do espírito humano. Seguindo este raciocínio, propomos uma pedagogia voltada também para o espírito humano. Deixamos por fim algumas sugestões que sinalizam uma educação para a ecologia do humano.
Abstract: The theme of this research, Complexity, Spirituality and Education: for an educability of the human spirit, suggests that a problematic of understanding of the spirit and human spirituality is rooted not only religious reducts, but also in the actual fiber of science and also in the heart of modern society. We are sure and secure of this not only for its actuality, but because it has gained in these last years indispensable status in the sum total of knowledge, realizations and human ethos. In order, however, to infiltrate this subject, a new epistemological lens capable of a critical, complex, and multidimensional reading with respect to human spirituality is necessary. The genesis of the problem raised by this research stems from the conflict between various perceptions about the human condition that occurs from the crisis experienced today by many scientific tones. The approximation between the theory of complexity, human spirituality with education, allows us to create an enriching scenery that adds quality to our discourses and educational practices in school, in families, in pastoral (community services), in religious education and still in other varied activities. Our nuclear question and that which will serve as the North Star of our efforts in this research is the following: does the human spirit exist, and if it exist, is it educable? For better usage and understanding of this dissertation, the research was divided into three chapters, systematized in the following manner: In the first chapter, we made an exposition of some of the difficulties of infiltration in the thematic about the spirit and human spirituality. This exposition was formed in two moments: the first discusses some conceptual and semantic presuppositions regarding the human spirit and, next, points out the necessity to overcome the fragmented understanding in favor of the recomposition of the human physiognomy (global face). In the second moment, we discoursed about the scientific leveling that pushed aside some human dimensions, under weighty onus for the human existence as a whole. In the second chapter we discussed the actuality of the theme that can also be seen in two parts: in the first we dialogued with some theories about the complexity and multidimensionality of the human condition. Then, we focused beginning with new anthropological dispositions the symbolic and spiritual human dimension. In the second part, we pointed out the disenchantment and crisis of highly progressive society and the emergence and interfaces of topics about human spirituality in these last decades. In the third and last chapter, we discoursed about the functions of the spirit and the real possibilities of an education for the human spirit. In like manner, we divided the chapter in two moments of discussion: in the first, we treated the dimension of the spirit and the expression of the conscience as an function of sense. Following this rationale, we proposed pedagogy turned, also, towards the human spirit. Last, we made a few suggestions that signal an education for human ecology .
Keywords: Ciencias da Religião - Teses e Dissertações
Educação cristã
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::FUNDAMENTOS DA EDUCACAO::FILOSOFIA DA EDUCACAO
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: BR
Publisher: Universidade Metodista de São Paulo
???metadata.dc.publisher.initials???: UMESP
???metadata.dc.publisher.department???: 1. Ciências Sociais e Religião 2. Literatura e Religião no Mundo Bíblico 3. Práxis Religiosa e Socie
???metadata.dc.publisher.program???: PÓS GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA RELIGIÃO
Citation: ARAÚJO, Alan Ricardo de Sousa. Complexity, Spirituality and Education: for an educability of the human spirit. 2005. 261 f. Tese (Doutorado em 1. Ciências Sociais e Religião 2. Literatura e Religião no Mundo Bíblico 3. Práxis Religiosa e Socie) - Universidade Metodista de São Paulo, São Bernardo do Campo, 2005.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.metodista.br/jspui/handle/tede/533
Issue Date: 8-Apr-2005
Appears in Collections:Programa de Pos Graduação em Ciencias da Religião

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Alan Ricardo de Sousa Araujo.pdf637.62 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.