???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.metodista.br/jspui/handle/tede/1757
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Bem-estar da gestante: avaliação de um modelo de pesquisa e intervenção da Doula
Other Titles: well-being of the Pregnant women : evaluation of a research model and intervention of a Doula
???metadata.dc.creator???: Alves, Daniela Espíndola
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Gomes, Miria Benincasa
???metadata.dc.contributor.referee1???: Nascimento, Ana Cristina Araújo do
???metadata.dc.contributor.referee2???: Rezende, Manuel Morgado
???metadata.dc.description.resumo???: A expressão "doula" vem do grego "mulher que serve". O trabalho é dar suporte físico e emocional às mulheres grávidas no pré-natal, no parto e no pós-parto. Com o passar do tempo as famílias foram ficando menores e contato com as mulheres mais experientes foi se perdendo. A assistência dada a essa gestante passou a ser pela equipe médica tanto no cenário físico quanto emocional. Porém a necessidade de alguém para dar apoio de maneira particularizada para cuidar do bem-estar das mães foi surgindo e essa lacuna pode e deve ser preenchida pela doula. O objetivo desse trabalho foi avaliar um modelo de pesquisa-intervenção com Doula em gestantes no pré-natal e no pós-parto. Trata-se de uma pesquisa descritiva e qualitativa. Para atingir esse objetivo foi utilizado o método de oito encontros de grupo semanais, com duração de duas horas, com temas baseados em evidências científicas: vínculo mãe e bebê, relação conjugal, mulher mãe e profissional, parto, puerpério, depressão pós-parto, praticidades e o Chá de Bençãos e uma segunda fase com um encontro de grupo no pós-parto. Com cinco gestantes, na faixa etária de 18 a 36 anos, residentes da cidade de Aparecida-SP. Os resultados deste estudo, embora não generalizáveis indicaram que as participantes que vivenciaram a intervenção com a Doula apresentaram maior autoestima e menores indicadores de depressão pós-parto quando comparadas com aquelas que não participaram da intervenção. Embora tenha sido um estudo exploratório, com número reduzido de participantes, os resultados sugerem que a reprodução deste modelo em outros grupos podem, além de beneficiar outras gestantes, acrescentar confiabilidade e fidedignidade a estes dados, aumentando a compreensão do impacto que esta atividade pode ter nesta população.
Abstract: The expression “Doula” derives from Greek “servant-woman”. The work is to give physical and emotional support to pregnant women before, during and after childbirth. As times goes by, families diminish and contact with more experienced women has been gradually lost. The assistance given to pregnant women was then provided by the medical team both physically and emotionally. However, the need for someone to assist the well-being of mothers in a personalized way has come up and this gap can and must be filled by a doula. The goal of this paper was to evaluate a model of an intervention-research with doulas which have assisted women before and after childbirth. This research is descriptive and qualitative. In order to reach this goal, a method consisting of eight-weekly group encounters, two hours each, was used. The themes discussed were based on scientific evidence: the bond between the mother and her baby, couple relationship, women as mothers and professionals, childbirth, puerperium, postpartum depression, practicalities and the Blessing Shower and a second stage with one group encounter after birth. With five pregnant women, between 18 and 36 years of age, all of them residents in the town of Aparecida-SP. The results of this study, although not generalizable, suggested that the participants who experienced the intervention with a Doula presented better self-stem and lower levels of postpartum depression when compared to those who didn’t experience the intervention. Although this work has been an exploratory study, with a reduced number of participants, results suggest that the reproduction of this model in other groups, besides benefitting other pregnant women, can add reliability and trustworthiness to these data, increasing the understanding of the impact this activity can have is these people.
Keywords: Doula; Gestação; Pós-Parto; Processo Grupal; Instrumentos
Doula, Pregnancy, Postpartum, Group Process, Instruments
???metadata.dc.subject.cnpq???: CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Universidade Metodista de Sao Paulo
???metadata.dc.publisher.initials???: IMS
???metadata.dc.publisher.department???: Psicologia da Saude:Programa de Pos Graduacao em Psicologia da Saude
???metadata.dc.publisher.program???: Psicologia da Saude
Citation: Alves, Daniela Espíndola. Bem-estar da gestante: avaliação de um modelo de pesquisa e intervenção da Doula. 2018. 67 folhas. Dissertação( Psicologia da Saude) - Universidade Metodista de Sao Paulo, Sao Bernardo do Campo.2018.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.metodista.br/jspui/handle/tede/1757
Issue Date: 19-Feb-2018
Appears in Collections:Programa de Pos Graduação em Psicologia da Saude

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DanielaAlves.pdfBIBLIOTECA DIGITAL DE TESES E DISSERTACOES - TEXTO COMPLETO2.1 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.