???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.metodista.br/jspui/handle/tede/1430
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: AS INTERFACES DA PROMOÇÃO DA SAÚDE E UM PROGRAMA DE APRENDIZAGEM PROFISSIONAL
???metadata.dc.creator???: Allegretti, Maitê Menegazzo 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Heleno, Maria Geralda Viana
???metadata.dc.contributor.referee1???: Vizzotto, Marília Martins
???metadata.dc.contributor.referee2???: Galheigo, Sandra Maria
???metadata.dc.description.resumo???: O trabalho desenvolvido com adolescentes, pensando na promoção de sua saúde, bem como em seu desenvolvimento saudável por meio de espaços que atendam suas necessidades, tem sido de responsabilidade também de organizações sociais. Em especial, quando se tem o objetivo de prepará- los para o mundo do trabalho, porém com uma proposta mais ampla, ou seja, como uma preparação para suas relações na vida, pela passagem de um processo de aprendizagem, de amadurecimento, por meio da construção de ações significativas para vida. Esta é a proposta do Centro de Orientação ao Adolescente de Campinas COMEC , organização não governamental, que conta com um Progr ama de Aprendizagem Profissional- PAP . Sendo assim, esse estudo tem como objetivo caracterizar, por meio de prontuários, uma amostra de 280 adolescentes, compreender a percepção deles no processo vivido e identificar as expectativas na admissão, demissão e desligamento do programa - PAP. A pesquisa teve como participantes adolescentes de 14 a 17 anos, do gênero feminino e masculino, do ensino fundamental e médio (7ª série E.F até 3ª série E.M). Os formulários foram preenchidos em três momentos: primeiro quando o adolescente participava da seleção para ingressar no programa, segundo, quando ele iniciava o trabalho na empresa e no término do contrato do adolescente com o programa. Os resultados obtidos por meio dos prontuários dos adolescentes mostraram que a percepção que eles têm a respeito do programa é positiva. Perceberam-se sentimentos de medo, insegurança, alegrias e desejos a respeito das atividades que os preparam para a inserção no mercado formal de trabalho, e o quanto o acompanhamento pelo programa permite outro olhar para esta inclusão. Ainda que o trabalho juvenil não seja a solução para as necessidades econômicas de muitas famílias, o trabalho educativo tem sido visto como uma forma de permitir que o adolescente vivencie sua primeira experiência de trabalho, respeitando sua condição de pessoa em desenvolvimento. Porém, em alguns casos, acabam por contribuir de forma significativa no orçamento familiar.(AU)
Abstract: The work with teenagers, the idea being to promote their health, as well as their healthy development through spaces that meet their needs also have been the responsibility of social organizations. Especially when it is intended to prepare for the world of work, but with a broader proposal, or as a preparation for their relations in life, by the passage of a process of learning, development, through the construction of significant actions to life. This is the proposal of the Centro de Orientação ao Adolescente de Campinas - COMEC , nongovernmental organization, with a "Programa de Aprendizagem Profissional - PAP." Such being the case , this research have with objective to characterize, by means of records , a sample of 280 adolescents , understand the perception their into the I sue lively and identify the prospects on admission and when they leave the program PAP. The study participants are adolescents from 14 to 17 years, female and male, the elementary and high school (7 th grade to 3rd grade). The forms were filled in three times. First when the teenager involved in the selection to join the program. Second when he began the work in the company and the end of the contract with the adolescent program. The results obtained through the records of the adolescents showed that the perception they have about the program is positive. They understand feelings of fear, insecurity, happiness and wishes with regard to activities that prepare them for inclusion in the formal labor market and show how this monitoring program allows for another look at the inclusion of adolescents. While the youth work is not the solution to the economic needs of many families, the educational work has been seen as a way to let the adolescent experience their first experience of working with their condition of a person in development. But it is undeniable that in some cases, they contribute significantly to the budget of the family.(AU)
Keywords: promoção da saúde
adolescência
percepção
programa de aprendizagem profissional
health promotion
adolescence
perception
learning program for training
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: BR
Publisher: Universidade Metodista de São Paulo
???metadata.dc.publisher.initials???: UMESP
???metadata.dc.publisher.department???: Psicologia da saúde
???metadata.dc.publisher.program???: PÓS GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA
Citation: ALLEGRETTI, Maitê Menegazzo. AS INTERFACES DA PROMOÇÃO DA SAÚDE E UM PROGRAMA DE APRENDIZAGEM PROFISSIONAL. 2009. 105 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia da saúde) - Universidade Metodista de São Paulo, São Bernardo do Campo, 2009.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.metodista.br/jspui/handle/tede/1430
Issue Date: 19-Feb-2009
Appears in Collections:Programa de Pos Graduação em Psicologia da Saude

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Maite Menegazzo.pdf682.9 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.