???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.metodista.br/jspui/handle/tede/1379
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Afetividade e Fluência na Interação Empresarial: Um estudo sobre Mediação
Other Titles: Emotions and Fluidity in Corporate Interactions: A Study on Mediation
???metadata.dc.creator???: Manfredi, Denise Aparecida 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Oliveira, Vera Barros de
???metadata.dc.description.resumo???: A partir de conflito interpessoal entre gestores de empresa de médio porte, esta pesquisa realiza estudo de caso com objetivo de investigar os reflexos da mediação na fluência de interação e na afetividade dentro da empresa, enfocando 19 participantes, em três níveis: diretoria, equipe da diretoria e coordenadores. Tem como sustentação teórica as abordagens de mediação: Tradicional de Harvard; Transformativa; Narrativo-Circular e Facilitação, delineadas a partir do modelo dos sistemas dinâmicos da Teoria da Complexidade. Após caracterização inicial da empresa, utiliza-se de técnicas de pré-mediação, mediação e facilitação em grupo, analisando-as qualitativamente. Com preocupação sobre a racionalidade dos resultados sobre os reflexos do trabalho de mediação, compõe questionário sobre fluência de interação e afetividade na empresa, QFI. Os resultados do questionário comprovam os da análise da mediação, sendo que 51% dos funcionários assinalam alterações positivas na interação e na afetividade na empresa como um todo. Os pontos nevrálgicos, apontados pelos participantes como reformulados na mediação referem-se a: Autoritarismo; Muita Pressão; Falta Transparência; Co-Responsável; Cisão entre as áreas Administrativa e Técnica (Cisão AA-AT); Centralização e Escuta Insuficiente. Os dados indicam uma abertura sistêmica na tomada de consciência dos conflitos, associada a uma maior responsabilidade conjunta em tentar resolvê-los, através do gerenciamento integrado e dinâmico de competências individuais, intra e inter-grupais na empresa. O estudo considera, portanto, que a mediação pode ser vista como uma abordagem alternativa de resolução de conflitos, com resultados positivos ao meio organizacional. Devido ao fato de as técnicas de mediação não estarem ainda muito difundidas em nossa realidade, recomenda a necessidade de novas pesquisas , diversificando seu foco em empresas de vários tamanhos e segmentos.
Abstract: The interpersonal conflict between two managers of a medium size company served as the basis for this study, which had as its objective the investigation of the influence of mediation on the fluidity of corporate interaction and emotions within the company. This study focused on 19 participants, in three levels: Board of Directors, the Director s staff and Coordinators; and had as its theoretical foundation the mediation approaches: Harvard Traditional, Transformative, Narrative-Circular and Facilitation based on the model of dynamic systems as explained by the Theory of Complexity. Following the initial characterization of the company, the techniques of pre-mediation, mediation and group facilitation were utilized which were analyzed qualitatively. With due care concerning the rationality of the results, a questionnaire was developed to measure the effects of mediation on fluidity of corporate interaction and on emotion in the company, (QFI). The results of the questionnaire substantiate those of the mediation analysis, with 51% of the employees indicating positive changes in communication and emotion in the company as a whole. The central points indicated by the participants as being reformulated by mediation are: Authoritarianism, Much Pressure, Lack of Transparency, Co-Responsibility, Administrative and Technical Areas Split, Centralization and Insufficient Listening. The data indicates a systematic awakening of the awareness of conflicts; this associated with a greater collective responsibility in seeking solutions, through the integrated management and the dynamic of individual competencies, both intra and inter corporate groups. The study considers, therefore, that mediation can be viewed as an alternative approach to conflict resolution, with positive results for the organizational environment. Due to the fact that the mediation techniques are still not well known in our reality, the need for additional research with a more diversified focus on companies from several segments and of diffenrent sizes is recommended.
Keywords: mediação em empresas
resolução de conflitos
comunicação
inter-relacionamentos
complexidade
mediation
company
enterprise
conflicts
communication
interactions
organization
Comunicação empresarial
Conflito
Administração de empresas
Psicologia - Teses e dissertações
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: BR
Publisher: Universidade Metodista de São Paulo
???metadata.dc.publisher.initials???: UMESP
???metadata.dc.publisher.department???: Psicologia da saúde
???metadata.dc.publisher.program???: PÓS GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA
Citation: MANFREDI, Denise Aparecida. Emotions and Fluidity in Corporate Interactions: A Study on Mediation. 2005. 106 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia da saúde) - Universidade Metodista de São Paulo, São Bernardo do Campo, 2005.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.metodista.br/jspui/handle/tede/1379
Issue Date: 18-May-2005
Appears in Collections:Programa de Pos Graduação em Psicologia da Saude

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DENISE APARECIDA MANFREDI.pdf570.64 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.