???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.metodista.br/jspui/handle/tede/1361
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: RELAÇÕES OBJETAIS E ESTRUTURA DE PERSONALIDADE: MULHERES ENVOLVIDAS EM CASOS DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA
Other Titles: Object Relations and personality structure: women envolved in cases of domestic violence
???metadata.dc.creator???: Procópio, Camila Viana de Almeida
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Heleno, Maria Geralda Viana
???metadata.dc.contributor.referee1???: Vizzotto, Marília Martins
???metadata.dc.contributor.referee2???: Rosa, Helena Rinaldi
???metadata.dc.description.resumo???: A violência doméstica é um fenômeno que preocupa a sociedade e deve ser objeto de destaque, é grave pois pode deixar marcas físicas e psicológicas. Ela aterroriza famílias e é assustador, principalmente por ocorrer, na maioria das vezes, no local onde as pessoas deveriam sentir-se seguras e protegidas, dentro de suas próprias casas. Há um esforço para medir a incidência da violência doméstica. Contudo, a família, a relação conjugal e o ambiente doméstico, na atualidade, ainda são considerados privados e particulares, o que dificulta a precisão da magnitude real deste tipo de violência. Assim, esta pesquisa teve como objetivo avaliar as relações objetais e estrutura de personalidade de mulheres envolvidas em casos de violência doméstica. Para tanto, utilizou-se do método qualitativo, foram avaliadas quatro mulheres envolvidas em violência doméstica, com idade superior a 18 anos. Como instrumentos foram empregados um Questionário Sociodemográfico e o Teste das Relações Objetais de Phillipson (TRO). Os resultados mostraram que a estrutura de personalidade destas mulheres apresenta-se com o predomínio de traços esquizoides. No Sistema Tensional Inconsciente Dominante, a dinâmica da personalidade apresenta medos, desejos e defesas das posições Viscocárica e Esquizoparanoide. Tal dinâmica sugere fragilidade estrutural, persecutoriedade e dependência dos objetos. Refletindo sobre a questão da violência e de como essas mulheres se submetem a ela, por meio dos resultados obtidos nesta pesquisa, observou-se que se trata de um tipo de relação de objeto com extrema dependência, permeada pelo ódio e culpa persecutória. Esta última mobiliza a permissividade do superego que precisa satisfazer todos os desejos do objeto de dependência. Ao mesmo tempo que são agredidas, elas também agridem, por não suportarem a ausência do objeto e o desejo de fundir-se a ele parece ser o gatilho que dispara os ataques. Espera-se que os resultados desta pesquisa possam levar à reflexão sobre políticas públicas e intervenções mais eficazes para diminuir a incidência deste tipo de violência e o sofrimento dessas mulheres
Abstract: Domestic violence is a phenomenon that concerns society and should be highlighted, is serious because it can leave physical and psychological scars. It terrorizes families and its scary, especially to occur, most of the time, the place where people should feel safe and secure within their own homes. There are efforts to measure the incidence of domestic violence. However, the family, the marital relationship and the home environment, today, are still considered private, hindering the accuracy of the real magnitude of this kind of violence. Therefore, this study aimed to evaluate the object relations and personality structure of women involved in cases of domestic violence. Used the qualitative method, were analyzed four women involved in domestic violence, older than 18 years. The instruments were employees a Sociodemographic Questionnaire and the Test of Object Relations Phillipsons. The results showed that the personality structure of these women presented with a predominance of schizoid traits. At the Tension Unconscious Dominant System, the dynamics of personality has fears, desires and defenses of Viscocárica and paranoid-schizoid position. This dynamic suggests structural weakness, paranoid and dependent objects. Reflecting on the issue of violence and how these women undergo it, by the results obtained in this study, it was observed that this is an object type of relationship with extreme dependence, permeated by hatred and persecutory guilt. This persecutory guilt mobilizes the permittivity of the superego that must meet all dependency objects wishes. While they are attacked, they also hurt, they can not tolerate the absence of the object and the desire to merge it seems to be the trigger that sets off the attacks. Expected that the results of this research may lead to reflection on more effective public policies and interventions to reduce the incidence of such violence and the suffering of these women.
Keywords: Violência Doméstica
Violência contra Mulher
Personalidade
Teste das Relações Objetais
Domestic Violence
Violence against Women
Personality
Test of Object Relations
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: BR
Publisher: Universidade Metodista de São Paulo
???metadata.dc.publisher.initials???: UMESP
???metadata.dc.publisher.department???: Psicologia da saúde
???metadata.dc.publisher.program???: PÓS GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA
Citation: PROCÓPIO, Camila Viana de Almeida. Object Relations and personality structure: women envolved in cases of domestic violence. 2014. 90 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia da saúde) - Universidade Metodista de São Paulo, São Bernardo do Campo, 2014.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.metodista.br/jspui/handle/tede/1361
Issue Date: 8-Dec-2014
Appears in Collections:Programa de Pos Graduação em Psicologia da Saude

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CamilaViana.pdf1.59 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.