???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.metodista.br/jspui/handle/tede/1244
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Determinação das distâncias e ângulos entre os elementos dentários de jovens brasileiros com oclusão normal
Other Titles: Determination of distances and angles between dental elements in Brazilian adolescents with normal occlusion
???metadata.dc.creator???: Okada, Maria Kimiyo
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Scanavini, Marco Antonio
???metadata.dc.description.resumo???: O conhecimento prévio do posicionamento dos dentes nas arcadas dentárias é um dos assuntos importantes em Ortodontia, para que o diagnóstico e a planificação do tratamento sejam corretamente realizados e, principalmente, para que o prognóstico da estabilidade da correção seja favorável. A literatura comprova a necessidade da avaliação das arcadas dentárias quanto à sua forma, dimensão e posição dos dentes, respeitando-se as variações individuais. Este estudo objetivou definir o posicionamento dos dentes nas arcadas dentárias, determinando a média de desvios lineares e angulares, no plano horizontal. Para tanto, utilizou-se uma amostra de 61 pares de modelos de gesso, obtidos de jovens brasileiros, leucodermas, com idades de 12 a 21 anos portadores de oclusão normal. Após o preparo, estes modelos foram digitalizados por vista oclusal e inseridos em um programa computadorizado CorelDraw 9, onde foram obtidas curvas e linhas que determinaram as variáveis lineares e angulares nas arcadas superiores e inferiores. Com base nos resultados obtidos, para esta amostra, pode-se concluir que na arcada superior, os incisivos laterais se posicionam para lingual em relação aos incisivos centrais e caninos; os caninos em relação aos incisivos centrais encontram-se para vestibular; os caninos em relação aos primeiros pré-molares se posicionam para lingual; entre pré-molares não há proeminência de nenhum deles; os segundos pré-molares estão para lingual em relação aos primeiros molares; e, os segundos molares se posicionam para lingual quando comparados aos primeiros molares. Na arcada inferior os caninos se encontram para vestibular em relação aos incisivos; os primeiros pré-molares se posicionam para lingual em relação aos caninos e aos segundos pré-molares; os segundos pré-molares em relação aos primeiros molares estão para vestibular; e, os segundos molares se posicionam para lingual em relação aos primeiros molares. Nas variáveis angulares, com exceção dos segundos molares inferiores em relação aos primeiros molares, todas as porções distais das faces vestibulares dos molares superiores e inferiores se encontram para lingual em comparação com as porções mesiais.
Abstract: The previous knowledge of the teeth position on the dental arches is one of the most important subjects in Orthodontics. When an orthodontic treatment is planned, dental arches must be evaluated to enhance the stability prognosis. According to the articles found in the literature, an evaluation of the dental arches form, dimension and teeth position is necessary, considering the individual characteristics of each patient. The aim of this study was to define the dental position by determining the linear and angular deflections averages in the horizontal plain. A sample of 61 pairs of plaster models obtained from 12 to 21 year-old leucoderm Brazilian adolescents with normal occlusion were prepared and inserted in CorelDraw 9 software from an occlusion view, then curves and lines which defined the linear and angular deflections at the upper and lower arches were obtained. Based on the results, for this sample, it was possible to conclude that for the upper arch the lateral incisors position was lingual when compared to the central incisors and canines; the canines position was vestibular when compared to the central incisors and lingual when compared to the first bicuspids; between the bicuspids there were no position deflection; the second bicuspids position was lingual when compared to the first molars; and the second molars position was lingual when compared to the first molars. For the lower arch the canines position was vestibular when compared to the incisors; the first bicuspids position was lingual when compared to the canines and second bicuspids; the second bicuspids position was vestibular when compared to the first molars; and the second molars position was lingual when compared to the first molars. Concerned with what was found by the angular deflections, except for the inferior second molars compared to the first molars, all distal faces on the vestibular faces of both superior and inferior molars were lingual positioned when compared to the mesial faces.
Keywords: Ortodontia
Arcada dentária
Arco ortodontico
Odontologia - Teses e dissertações
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA::ORTODONTIA
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: BR
Publisher: Universidade Metodista de São Paulo
???metadata.dc.publisher.initials???: UMESP
???metadata.dc.publisher.department???: Ortodontia
???metadata.dc.publisher.program???: PÓS GRADUAÇÃO EM ORTODONTIA
Citation: OKADA, Maria Kimiyo. Determination of distances and angles between dental elements in Brazilian adolescents with normal occlusion. 2003. 152 f. Dissertação (Mestrado em Ortodontia) - Universidade Metodista de São Paulo, São Bernardo do Campo, 2003.
???metadata.dc.rights???: Acesso Embargado
URI: http://tede.metodista.br/jspui/handle/tede/1244
Issue Date: 27-Aug-2003
Appears in Collections:Programa de Pos Graduação em Ortodontia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Agradecimentos.pdf14.07 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.