???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.metodista.br/jspui/handle/tede/1235
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: ANÁLISE COMPARATIVA DOS NÍVEIS DE ATRITO EM BRÁQUETES CONVENCIONAIS E AUTOLIGADOS
Other Titles: Friction levels comparative analysis in self-ligated and conventional brackets.
???metadata.dc.creator???: Picchioni, Mauro dos Santos 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Vasconcelos, Maria Helena Ferreira
???metadata.dc.contributor.referee1???: Angelieri, Fernanda
???metadata.dc.contributor.referee2???: Gurgel, Julio Araujo
???metadata.dc.description.resumo???: O atrito existente entre bráquetes e os fios ortodônticos é um fator importante a ser considerado quanto à eficiência do tratamento ortodôntico nas mecânicas de deslize. Em função disto, sempre se procurou maneiras de se diminuir os níveis de atrito durante a aplicação deste tipo de mecânica. Com o surgimento dos bráquetes autoligados, observou-se que uma das características principais destes dispositivos seria uma redução dos níveis de atrito entre os bráquetes e fios, e com isso poderia se obter um movimento de deslizamento eficiente com a aplicação de forças menores, quando comparado com o uso de bráquetes que tenham sistemas de amarração convencionais. O propósito deste trabalho foi comparar, por meio de ensaios laboratoriais, os níveis de atrito estático de um bráquete autoligado estético, de um bráquete autoligado metálico e dois tipos de bráquetes convencionais metálicos, com a utilização de fios ortodônticos de diferentes ligas, secção e diâmetros, para determinar quais bráquetes apresentam os menores coeficientes de atrito, em situações sem angulação, em angulações de primeira ordem e angulações de segunda ordem entre os diferentes fios e bráquetes. Os resultados demonstraram que os bráquetes autoligados apresentaram um atrito estático significativamente mais baixo nas situações onde não existiu angulação entre o fio e o bráquete e quando se utilizou fios de calibres menores e com material mais flexível, quando comparados com os bráquetes convencionais. O bráquete autoligado metálico apresentou maior atrito, semelhante aos bráquetes convencionais, com o uso dos fios de maior calibre, nas situações sem angulação. O bráquete autoligado metálico apresentou maior atrito estático que os bráquetes convencionais, nas situações de angulação, com o uso dos fios de maior calibre
Abstract: The friction between brackets and orthodontic wires is an important issue to be considered concerning to orthodontic treatment efficiency in the sliding mechanics. Because this, always there are a search for ways to reduce the friction levels during this type of mechanics. With the introduction of self-ligated bracketts, it was observed that one of these devices main characteristics would be a reduction levels reduction of friction between brackets and wires, and because this the movement could be more efficient, with the application of low forces when compared the using of brackets with conventional ligation systems. The purpose of this study is compare by means of laboratorial tests, the esthatic friction coefficients of one esthetic self-ligated bracket, one metallic self-ligated bracket and two metallic conventional brackets, with the orthodontic wires of different materials, section and sizes, to determine which brackets presents the lowest coefficients of friction, in situations of different angulations between wires and brackets. The results had demonstrated that self-ligated brackets had presented a static friction significantly lower at situations whitout angulation between the wire and brackets and when using small size wires, with more flexible material, when compared with conventional brackets. The metallic self-ligated bracket presented more friction, similar the conventional brackets, with the use larger diameter wires, without angulation between bracket and wire. The metallic self-ligated bracket presented higher static friction when compared with conventional brackets, with the use larger diameter wires, at situations with angulation betwen bracket and wire.
Keywords: Ortodontia
Braquetes autoligados estéticos
Fios Ortodonticos
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA::ORTODONTIA
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: BR
Publisher: Universidade Metodista de São Paulo
???metadata.dc.publisher.initials???: UMESP
???metadata.dc.publisher.department???: Ortodontia
???metadata.dc.publisher.program???: PÓS GRADUAÇÃO EM ORTODONTIA
Citation: PICCHIONI, Mauro dos Santos. Friction levels comparative analysis in self-ligated and conventional brackets.. 2007. 109 f. Dissertação (Mestrado em Ortodontia) - Universidade Metodista de São Paulo, São Bernardo do Campo, 2007.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.metodista.br/jspui/handle/tede/1235
Issue Date: 6-Mar-2007
Appears in Collections:Programa de Pos Graduação em Ortodontia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Mauro dos Santos Pichioni.pdf2.08 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.